Abraleite pede intervenção temporária nas importações de lácteos

nov 10, 2020

A Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite) publicou nota pública nesta sexta-feira, 6, pedindo que o governo federal implemente uma intervenção temporária nas importações de lácteos. A ação classificada como urgente seria justificada em razão de significativas importações de produtos da categoria realizadas nos últimos meses.

“Dados da Secex mostram que o volume importado no segundo trimestre de 2020 foi 62,8% maior que no mesmo período do ano anterior. Já em setembro, a importação foi 80% superior a 2019 e outubro deve bater o recorde de leite importado desde 2007”, informou a entidade na nota.

A Abraleite argumenta que o momento é extremamente delicado para o setor nacional de leite e derivados, com aumento de custos dos principais insumos, especialmente os alimentos concentrados.

“O Cepea [Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada] aponta para o maior valor nominal da saca de milho desde 2004 e, para o farelo de soja, os preços da primeira quinzena de outubro superam em expressivos 84,6% o valor do mesmo mês em 2019”, diz o texto.

A nota informa ainda que a valorização do leite nos últimos meses teria sido fundamental para equilibrar a relação de troca com esses insumos. “Porém a queda recente do preço pago ao produtor inviabiliza a produção de leite e causa impactos financeiros irreversíveis aos produtores rurais”.

O comunicado diz também que está sendo criada a “tempestade perfeita” para o desmonte na cadeia pecuária de leite. Os motivos que levariam a isso seriam a “oferta artificial excessiva” de leite importado, a queda de renda do consumidor com a redução do auxílio governamental, o aumento de impostos e a alta do valor dos insumos.

Alta dos insumos

Também nesta sexta, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) protocolou ofício junto ao Ministério da Agricultura solicitando medidas para conter a alta dos custos na pecuária leiteira.

No documento, a exemplo da Abraleite, a entidade ressalta que a maior preocupação é com o valor da ração concentrada, que representaria, em média, 40% dos desembolsos do produtor de leite.

Fonte: Canal Rural

Últimas Notícias

Os assuntos mais relevantes do momento sobre gestão, inovação, tecnologia e agronegócio.

Aplicativos de Coleta: transformando a captação de leite

Aplicativos de Coleta: transformando a captação de leite

Quando a maneira tradicional de fazer leite se encontra com as novidades tecnológicas, os aplicativos de coleta se destacam como algo que muda bastante como o leite é coletado nos fazendas dos produtores rurais. Neste post, vamos explorar como essas ferramentas estão...

Defis 2024: prazo de entrega termina nesta quinta-feira

Defis 2024: prazo de entrega termina nesta quinta-feira

A Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (Defis) deve ser entregue até quinta-feira (28), que é considerado o último dia útil do mês de março. Empresas enquadradas como Microempresas (ME) ou Empresas de Pequeno Porte (EPP) inscritas no Simples...

FGTS Digital: entenda o que muda com novo sistema

FGTS Digital: entenda o que muda com novo sistema

O governo federal anunciou o lançamento do FGTS Digital nesta sexta-feira (1º). O novo sistema estava em fase de testes até meados de janeiro e agora será disponibilizado oficialmente aos empregadores. A nova plataforma do FGTS Digital foi desenvolvida com o intuito...